Início no Trail Run

Valmir Lana Jr. dá dicas para que você possa iniciar no Trail Run.

Por:
Valmir Lana Jr.
20
.
03
.
2019

Primeira dica: Não seja maluco como eu fui!

Quando você conhece o trail run, seja vindo de qualquer modalidade esportiva que não envolva montanha, você tende a se maravilhar ou detestar. Terá que experimentar para ver qual a sua sensação!

Mas não se deixe levar pelas primeiras impressões. Muito das provas, principalmente aqui no Brasil, ainda não têm o conceito muito bem definido do que é uma prova de ???Cross Country???, ???Trail Run???, ???Mountain Run???, ???Ultramaratona???, ???Ultra Trail??? e Corrida em Alta Montanha.

Por isso é importante, antes de tudo, procurar saber o mínimo de cada estilo e buscar informações dos eventos que queira participar.

Uma breve passagem sobre o que, em minha concepção, seja cada uma das modalidades acima:

- Cross Country: Corrida essencialmente fora de estrada pavimentada (estradão), onde há desnível de elevação, mas nada muito acentuado e nem técnico.
- Trail Run: Uma corrida onde o ambiente é mais selvagem, se trata de um caminho estreito, onde, normalmente, somente uma pessoa consegue passar por vez. Neste tipo de prova costuma ter um terreno mais acidentado e técnico, com desnível de ganho e perda mais acentuado.

Em minha opinião é uma prova mais prazerosa, onde o contato com a natureza é intenso e as belezas da paisagem são um motivador a mais.

- Mountain Run ou Corrida de Montanha: Segundo nossas professoras de Geografia no Brasil não existe montanha, entretanto, peço gentilmente que estas pessoas deem um pulinho na Serra Fina, para citar um exemplo, assim, elas terão uma noção mais vivencial do que é montanha. Para tirar a dúvida neste ponto, eis a explicação científica de que no Brasil existe montanha:

Existem algumas formas para definir montanhas e classificá-las em classes de tamanho em função de alguns parâmetros: altura, altitude e zona alpina. Neste trabalho é sugerida uma classificação baseada no relevo relativo (altura) que define o seguinte: montanhas baixas têm entre 300 e 1.000 m de altura, as médias entre 1.000 e 3.000 m e as altas, acima de 3.000 m de altura. Os dados mostram que o Dhaulagiri (8.167 m) pode ser a montanha mais alta da Terra, cuja altura chega a 5.700 m, enquanto o Everest (8.850 m) possui uma altura modesta, de 3.200 m. As maiores montanhas brasileiras têm altura de aproximadamente 1.800 m e extensão das vertentes com cerca de 4.000m e as maiores escarpas rochosas no país têm entre 700 e 1.000 m de altura. Fonte e artigo completo: http://www.extremos.com.br/noticias/130730_classificacao_de_montanhas_pela_altura/

Esta modalidade tem sido muito confundida com o "Trail Run", pois na corrida de montanha também temos os elementos do Trail Run, porém, estamos subindo e descendo por trechos muito técnicos, com variados tipos de terreno, às vezes, pouca visibilidade de onde se pisa, às vezes com grande exposição ao clima muito instável.

A corrida de montanha é selvagem, onde você sente de tudo (elevado a 10ª potência). Tem certo grau de perigo, em algumas corridas esse grau chega a ser muito elevado, o que leva os eventos a requererem itens obrigatórios (que concordo ser totalmente necessário).

Acredito que esta modalidade ou você ama ou odeia. Pois os sentimentos são levados às alturas... Quem nunca pensou no meio de uma prova dessas: "Nunca mais volto aqui", ou "O que eu tô fazendo aqui". Estas são questões corriqueiras, que muitas vezes eu mesmo me faço, mas basta cruzar o pórtico para dizer ou liberar, ano que vem tô de volta!

Conteúdos similares